ÉTICA NAS PESQUISAS SOBRE IMIGRANTES: OBJETOS OU INTERLOCUTORES?

As pesquisas acadêmicas são componentes vitais na promoção da visibilidade da população migrante e fenômenos, desafios e injustiças que as pessoas imigrantes vivenciam. Os estudos muitas vezes apoiam e às vezes instigam a criação de políticas públicas para a melhoria das vidas de imigrantes e podem fortalecer ações ativistas e iniciativas públicas. Enquanto os benefícios das pesquisas existem, muitas vezes, notamos que os direitos das pessoas imigrantes participantes em estudos são esquecidos, mesmo em estudos que alegam que estão promovendo os direitos ou a melhoria das condições de vida das imigrantes.

Em 2018, a Warmi, Cori (Corina) Demarchi, apresentou um texto por ela e a outra Warmi, Sam (Samantha) Serrano, no VI Simpósio de Pesquisa sobre Migrações no Rio de Janeiro na UFRJ. A apresentação foi intitulada “ÉTICA EN LA INVESTIGACIÓN SOBRE INMIGRANTES: ¿OBJETOS O INTERLOCUTORES?”

Cori e Sam escreveram o texto para detalhar um pouco sobre a necessidade das/dos pesquisador@s estarem atentos sobre os direitos das participantes imigrantes nos seus estudos sobre a migração. Muitas vezes, pesquisadores desumanizam e objetificam seus participantes por esquecerem seus direitos e necessidades básicas e acordos que fazem sobre questões do anonimato, retornos e acessibilidade linguística, entre outros temas.

Segue um trecho da introdução da apresentação aqui:

“Esta presentación trata de reflexiones sobre la ética en investigaciones sobre inmigrantes en Brasil desde el punto de vista de integrantes del colectivo, Equipe de Base Warmis: Convergencias das Culturas, un colectivo constituido principalmente por mujeres inmigrantes en São Paulo de varios países. Las integrantes del Equipe de Base Warmis, o sea, Warmis, tienen bastante experiencia tanto siendo abordadas por investigadores como siendo participantes en estudios. Algunas integrantes son investigadoras también y han hecho o están realizando investigaciones sobre la comunidad inmigrante en São Paulo. A través de los años, las integrantes del colectivo han tenido experiencias tanto positivas como negativas con investigadores. La propuesta de esta presentación es para discutir algunas experiencias para poder revelar como investigadores pueden mejorar sus abordajes, interpretaciones y relatos de dados y sus devolutivas para que sus investigaciones sean éticas y valorables para las comunidades siendo estudiadas.”

Se quiser ler o texto completo da apresentação, o link do ebook do simpósio, publicado em 2019, segue aqui:

https://forumdeimigracaodotorg.files.wordpress.com/2019/07/ebook-vi-simpocc81sio-sobre-migraccca7occ83es-2018.2-atz-26_09.pdf#page89

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.