O planejamento familiar é um direito garantido pela Constituição

La planificación familiar es un derecho garantizado por la Constitución e regulado por la ley. Envuelve acciones que posibilitan la libre desición de la mujer, del hombre o de la pareja sobre cuantos hijos quieren tener, incluso si quieren tenerlos. El SUS debe ofrecer todos los métodos y técnicas de concepción y contracepción aceptados y que no coloquen en riesgo la vida y la salud de las personas. Eso significa que tanto la mujer que desea tener hijos, como aquella que no desea tener hijos, tiene derecho a orientación y atendimiento adecuados en la red pública de salud.

Los métodos anticoncepcionales, femeninos o masculinos, son utilizados para evitar un embarazo y pueden ser reversibles o irreversibles. No existe un método mejor que otro, pues cada uno tiene sus ventajas y desventajas. También no existe un método totalmente eficaz, ya que todos tienen la posibilidad de fallar. Lo que puede ser adecuado para una persona, puede no ser para otra. Por eso la importancia de recibir información adecuada y amplia de los servicios de salud.

O planejamento familiar é um direito garantido pela Constituição e regulamentado por lei.
Envolve ações que possibilitam a livre decisão da mulher, do homem ou do casal sobre quantos filhos querem ter, ou até mesmo se querem tê-los. O SUS deve oferecer todos os métodos e técnicas de concepção e contracepção aceitos e que não coloquem em risco a vida e a saúde das pessoas. Isso significa que tanto a mulher que deseja ter filhos, como aquela que não deseja ter filhos, tem direito à orientação e atendimento adequados na rede pública de saúde.

Os métodos anticoncepcionais, femininos ou masculinos, são utilizados para se evitar uma gravidez e podem ser reversíveis ou irreversíveis. Não existe um método melhor que o outro, pois cada um tem suas vantagens e desvantagens. Também não existe um método totalmente eficaz, já que todos têm possibilidade de falhar. O que pode ser adequado para uma pessoa, pode não ser para outra. Daí a importância de receber informação adequada e ampla dos serviços de saúde.

Fonte: Defensoria Pública de São Paulo

Esta entrada foi publicada em Dica Legal. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>